Para nossa edificação minha leitura da tarde, de (Salmos 29.2)



Boa tarde! 
O que irei compartilhar hoje é sobre a Beleza da Santidade.
 Versículo: “Adorai o Senhor na beleza da Santidade”(Salmos 29.2)
Quantos se sente desanimados em meias as lutas? Mal conseguimos ficar em pé quando estamos  em um culto, adorar fica difícil! As lutas às vezes de alguns é contra o próprio pecado que os cercam.  Esse versículo nos  convoca a adoração independente do que estejamos sentindo no momento, “adorar o Senhor na beleza da Santidade” um chamado profundo  para adoração.



Santidade é o oposto do pecado, o pecado nos deforma fazendo afastar da perfeita adoração que queremos cultuar,  Deus e puro e o pecado é repulsivo a sua Santidade. Não é fácil produzir aquilo que cada um quer ser, é, mas fácil falar do que viver o que diz! Ter santidade se torna uma missão quase impossível, tudo aquilo que queremos fazer contra a natureza pecaminosa, causa trabalho e lutas diárias ou temporárias.

Irei compartilha o que venho lido de uma literatura de  Artur W.pink


Ele diz, em primeiro lugar, a beleza da santidade é imperceptível para o homem natural, e é aí que ela difere radicalmente das belezas da mera natureza. Ele pode contemplar  e admirar um lindo vale, o rio que flui suavemente, os pinheiros da montanha, a queda d’água da cachoeira, mas para excelência das graças espirituais, ele não tem olhos. Ele considera como covarde alguém que (pela graça) humildemente se submete a provações dolorosas. Ele olha para aquele que nega a si mesmo por amor de Cristo como um tolo. Ele considera o homem que segue rigorosamente o caminho estreito como aquele que perde o melhor da vida. O homem natural é totalmente incapaz de discernir a excelência do que é grande valor aos olhos de Deus; alguém acha que estamos dizendo isso muito severamente? Então, deixe-o ser lembrado do solene de quando o Santo habitou aqui na terra o não regenerado não viu nEle “nenhuma beleza” para que o desejassem (Isaías 53:2), e o mesmo hoje. Deus deve remover as escamas dos olhos do nosso coração antes que possamos perceber que a santidade é bela. 

Creio que muitos tem uma beleza superficial que resulta só na aparência ou o que alguns demonstram ser superficialmente  quanto ao seu comportamento. Mas a beleza da santidade Reflete no caráter do aquele que a tem, ela é espiritual e Divina.Isso faz parte dos cristãos nascido de novo, ele buscar ser aquilo que o Espírito Santo produz em seu interior, o pecado não é mais seu senhor, sempre devemos buscar ardentemente exaltar "Deus"em tudo que temos e somos como cristão, honra-o tanto quanto o nosso caminho separando daquilo que o desagrada, então termino aqui com o clamor para nossa santidade perante o nosso Soberano Deus. 


Que tu Senhor nos der um coração regenerado que resulte não só em nossa santidade exterior mas em nosso interior também, amém!

(Deixo para meditar)
A Santidade é para a alma como a luz é para o mundo, para ilustrá-la e enfeitá-la. Não é a grande que nos coloca diante de Deus, mas a piedade" (Thomas Watson).
  
“Seja sobre nós a formosura do Senhor nosso Deus” (Salmos  90.17)

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

My Instagram